Praticando YOGA no Mukti

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

A prática nossa de cada dia...

Hatha Yoga, Vinyasa Flow e Yoga para Gestantes.

Nossos alunos... o sol... as plantas... as saudações, as permanências... e muita poesia.

Praticar no Mukti é assim.

Bora praticar com a gente?

 

 

GERMINANDO

Grãos em 6 passos simples

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

Assista a esse video e aprenda como germinar facilmente seus grãos para obter até 600% mais nutrientes e biodisponibilidade de seus alimentos, transformando vilões em mocinhos!

Os grãos e sementes quando germinados tranformam-se em alimentos Biogênicos, doadores de vida e vitalidade às nossas células e quando consumidos com regularidade, são responsáveis pela melhora da saúde de forma global.

 

POR QUE DEVO CONSUMÍ-LOS DIARIAMENTE?
O seu teor de vitaminas, proteínas, minerais...

 

LEIA MAIS >>>

PADMA MAYURASANA 

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 

 

Tradução: Postura do pavão, com pernas em lótus

Nível: intermediário / avançado
Tipo de postura: equilíbrio sobre os braços

Significado: Na tradição, o Pavão simboliza a beleza, a força, a compaixão e a habilidade de destruir as cobras, juntamente com seu veneno e portanto é dito que aquele que pratica Mayurasana com regularidade se torna capaz de digerir o mais tóxico dos venenos…

 

Mas veja como isso se justifica fisiologicamente:

De acordo com o Ayurveda, a região umbilical é o centro do fogo digestivo, responsável por uma saúde radiante ....

 

LEIA MAIS >>>

VASISTHASANA 

. . . . . . . . . . . . . . . . . .

 

Tradução: A mais rica das posturas

Nível: intermediário 
Tipo de postura: equilíbrio sobre os braços

Significado: Dizem que as posturas com nome de Sadus são as mais difíceis, representando assim a dificuldade e o rigor do caminho para tornar-se um mestre.
Conta-se que Vasistha ("o melhor, mais rico, excelente") foi um dos sadus mais importantes e honrados da tradição Indiana e autor de vários hinos Vedicos.
No clássico Ramayana, Vasistha é o professor que surge quando Ram enfrenta uma grande crise de confusão interna, desilusão e depressão. Para Vasistha, esse é o momento...

 

LEIA MAIS >>>

PADMA MAYURASANA 

. . . . . . .  

 

 

Tradução: Postura do pavão, com pernas em lótus

Nível: intermediário / avançado
Tipo de postura: equilíbrio sobre os braços

Significado: Na tradição, o Pavão simboliza a beleza, a força, a compaixão e a habilidade de destruir as cobras, juntamente com seu veneno e portanto é dito que aquele que pratica Mayurasana com regularidade se torna capaz de digerir o mais tóxico dos venenos…

 

Mas veja como isso se justifica fisiologicamente:

De acordo com o Ayurveda, a região umbilical é o centro do fogo digestivo, responsável por uma saúde radiante, sendo que desequilíbrios nesse centro resultam em problemas digestivos e são a raiz de inúmeras doenças.
Como em Mayurasana, nosso centro de apoio fica localizado na região do estômago, provocando uma massagem intensa nos órgãos internos, essa postura afeta fortemente o fígado, a vesícula, o pâncreas, os intestinos, os rins e o sistema circulatório, assim como o plexo nervoso localizado no abdomem.

Como resultado, a postura do pavão fortalece essa região, desintoxicando os órgãos, melhorando a digestão e revigorando o corpo como um todo e é particularmente adorada por movimentar e eliminar toxinas.
Equilibra também os três doshas (Vatta, Pitta e Kapha) e o sistema endócrino, diminuindo a flatulência, os transtornos intestinais e fortalecendo toda a musculatura do corpo.

Apesar dessa variação em padmasana ser relativamente mais fácil de ser conquistada (considerando que você já domine a postura de padmasana) do que a variação com as pernas estendidas - já que o peso está mais concentrado e o equilíbrio é menos complexo - Padma Mayurasana é considerada uma postura intermediário-avançada, já que requer uma boa força nos braços, fortalecimento prévio dos pulsos, músculos abdominais e paravertebrais.

Também são necessários um bom senso de equilíbrio e coragem para a transiçnao experimentada na movimentação à frente, que pode causar medo de cair “de cara no chão” (o que pode realmente acontecer). Se você encontrar dificuldades nessa transferência de peso em busca do equilíbrio, pode tentar começar com a cabeça apoiada no chão, elevando primeiro as pernas e depois a cabeça.

Mas antes de tentar, observe as contra-indicações:
Não deve ser feita por pessoas que sofrem de pressão alta ou recém operadas na região peitoral ou abdominal. Mulheres durante a gravidez e período menstrual também devem evitá-la.

 

Professora: Cristina Di Dário (Mukti Yoga Shala)
Música: “Youth”, da banda Daughter

 

VASISTHASANA

. . . . . . . .

 

 

 

Tradução: A mais rica das posturas

Nível: intermediário 
Tipo de postura: equilíbrio sobre os braços

Significado: Dizem que as posturas com nome de Sadus são as mais difíceis, representando assim a dificuldade e o rigor do caminho para tornar-se um mestre.
Vasisthasana (vah-sish-TAHS-anna) - traduz-se como "a mais rica das posturas".


Conta-se que Vasistha ("o melhor, mais rico, excelente") foi um dos sadus mais importantes e honrados da tradição Indiana e autor de vários hinos Vedicos.
No clássico Ramayana, Vasistha é o professor que surge quando Ram enfrenta uma grande crise de confusão interna, desilusão e depressão. Para Vasistha, esse é o momento mais que propício para iniciar uma viagem espiritual e, de fato, a agitação interna significa que a viagem já começou.
De qualquer forma, é uma postura que demanda preparação dedicada e foco no momento - e em nada mais.
Importante também é apreciar os incômodos da permanência enquanto nos fortalecemos - talvez o quadril que pesa, o braço que treme, o ombro que queima, o pulso que dói - e sentir a evolução acontecendo, gradualmente, conforme abrimos espaço para reconhecer e principalmente aceitar voluntariamente os incômodos, oferecendo o relaxamento das nossas objeções - ao invés daquela bem conhecida contração automática, que apenas nos paralisa e impede o fluxo do prana.
Até que num belo dia... acontece!